fbpx

Você já ouviu falar em artrose de joelho?

A ​artrose (ou osteoartrite) é uma complicação que atinge boa parte dos maiores de 65 anos e até 80% das pessoas com 75 anos ou mais. Ela é caracterizada pela degeneração da articulação. Também conhecida por osteoartrite, ela acomete outros componentes das articulações como as cartilagens, os ligamentos, o líquido e a membrana sinovial. Muitos confundem a ​artrose com a ​artrite​. Ambas afetam os ossos, ligamentos e articulações, provocando também sintomas semelhantes, mas a ​artrose é um tipo de ​artrite​, que é causada por um fenômeno natural do corpo humano. Ela tem início com o aumento do atrito entre os ossos que, com o passar do tempo, evolui para a destruição da cartilagem. A complicação pode afetar uma ou mais articulações. As articulações do joelho (gonartrose), do quadril (coxartrose) e dos dedos (poliartrose digital) são as mais afetadas. Apesar de a ​artrose ser uma doença crônica, ou seja, não tem cura, existem diversos tratamentos que vão desde indicação cirúrgica ao uso de medicamentos e, principalmente a ​fisioterapia​, e podem aliviar muito os sintomas, além de garantir qualidade de vida para os pacientes. Entre 1979 e 2002 a cirurgia de substituição de joelhos nos Estados Unidos subiu 800% entre pessoas com mais de 65 anos. De acordo com dados da Faculdade de Medicina da Universidade de Boston (EUA), apesar do boom de cirurgia de joelhos entre 10 e 30% dos pacientes que realizam a cirurgia não tem melhora significativa. Por isso, não são todos os casos para qual a cirurgia é indicada


 

A partir de quando devo me preocupar?

O aparecimento de ​artrose é diretamente proporcional ao aumento da idade, ou seja, a medida que ela avança a probabilidade de aparecimento da doença tende a subir, sendo mais comum em indivíduos com mais de 30 anos, provavelmente afetando quase todas as pessoas com mais de 50 anos, embora em alguns casos sem sinais aparentes.

O joelho costuma ser a região mais acometida em cerca de 35% dos casos de artrose​. O processo de adoecimento é caracterizado por uma progressiva
erosão da cartilagem articular, levando à diminuição do espaço articular, formação de osteófitos marginais, esclerose subcondral, formação de cistos subcondrais e inflamação sinovial ocasionando num quadro de dor e diminuição da funcionalidade.

A intervenção do fisioterapeuta no paciente com gonartrose é fundamental para melhorar a qualidade de vida do paciente Fique atento, pois alguns fatores podem levar a uma maior probabilidade de contrariem a doença. São eles:

  • Deformações Ósseas –  ​Nascimentos com articulações deficientes pode aumentar o risco de ​artroses​;
  • Obesidade –​ ​Excesso de peso vai exercer uma maior pressão sobre as articulações, como por exemplo, sobre os joelhos;
  • Lesões articulares –​ ​Acidentes que lesionem as articulações, podem aumentar a chance de desenvolver ​artrose​;
  • Esforço repetitivo o movimento repetitivo pode desenvolver ​artrose nessa mesma articulação (como por exemplo os padeiros);
  • Algumas doenças –​ ​Hipotireoidismo, gota, doença de Paget do osso, diabetes, podem aumentar o risco de contrair ​artrose​.

 


Será que é artrose de joelho?

 

Alguns sintomas bem comuns aos pacientes que sofrem da doença nos auxiliam a identificar o problema. Entre eles:

  • Dor no joelho​ após esforços e melhora com o repouso;
  • Rigidez ao se levantar da cama de manhã ou após longos períodos de repouso: geralmente, passa após 30 minutos ou quando começam as atividades normais do dia.;
  • Dor no joelho ​intensa​ ​a noite após realização de esforço;
  • Estalos ao movimento ou “crepitações”;
  • Inchaço e calor na região afetada;
  • Sensação de aumento de tamanho do joelho causada pelo devido ao crescimento dos ossos ao redor do joelho;
  • Limitação dos movimentos especialmente esticar o joelho totalmente;
  • Dificuldade em apoiar a perna no chão;
  • A doença costuma acometer ambos os joelhos, mas os sintomas podem ser diferentes para cada um deles, de acordo com o comprometimento de cada articulação. ;
  • Nos seus estágios avançados, a ​artrose pode causar deformidades e dor intensa a ponto de o paciente ter dificuldades para andar e tendência a mancar.

 

É ​importante frisar que para um diagnóstico preciso é indispensável a opinião de um especialista e que a automedicação pode trazer compilações sérias incluindo o agravamento do quadro do paciente.

 

Os níveis da Artrose de Joelho (Gonartrose)

  • Primária:​ de origem idiopática;
  • Secundária: decorrente de patologias inflamatórias, infecciosas ou traumáticas que destroem a estrutura da cartilagem.

 

Diagnostico clinico

O diagnóstico ocorre pela caracterização do quadro clínico de ​dor no joelho​, deformidade (varismo), rigidez, crepitação, claudicação, progressiva subluxação articular, e sinais inflamatórios (mínimos, mas comexacerbações). Com a realização do raio X pode-se verificar:

  • Estreitamento da interlinha articular;
  • Condensação subcondral;
  • Presença de osteófitos.

 

Como aliviar as dores no joelho?

A gonartrose é uma doença evolutiva, por isso deve ser tratada o mais precocemente possível. A maneira mais eficaz de aliviar as dores causadas pela ​artrose de ​joelho é a realização de exercícios que fortaleçam a musculatura dessa região, em especial da parte da frente da coxa, e também a parte lateral e interna. Dessa forma os músculos fortalecidos diminuem a sobrecarga dos joelhos.

Esses exercícios devem ser realizados periodicamente, conforme a orientação do especialista, e com series de repetição intercaladas por descanso. Para aliviar a ​dor no joelho​, também se pode colocar uma bolsa de água quente em cima do joelho por 15 minutos. Tomar um banho quente também pode ajudar a aliviar a dor a inflamação do joelho.

A ​fisioterapia é imprescindível para o retorno do paciente a sua rotina, pois alivia a dor e, consequentemente, garante a recuperação gradativa do movimento parcialmente prejudicado.

É fundamental que a abordagem do paciente com ​artrose de joelho seja sempre feita por uma equipe multidisciplinar levando em conta o grau de impacto da dor, aspectos afetivos, níveis

socioeconômico, qualidade de vida, grau de dano articular, instabilidades, e deformidades, para que um plano de tratamento adequado seja estabelecido, respeitando a individualidade de cada paciente.

 

Tratamento para artrose de joelho

Fisioterapia

Exercícios de ​fisioterapia para artrose de joelho são fundamentais para fortalecimento da musculatura, melhora dos sintomas e, consequentemente o alivio da ​dor no joelho.

Cirurgia

Costuma ser indicada apenas em último caso quando e se os tratamentos anteriores não trouxerem resultados. A cirurgia deve ser sempre a última opção
terapêutica, pois ela pode deixar sequelas permanentes, como perda da amplitude do movimento da articulação afetada.

Medicamentoso

O médico poderá indicar remédios anti-inflamatórios e analgésicos para aliviar a ​dor no joelho e o inchaço. Eles devem ser usados junto com o tratamento de fisioterapia​ e com prescrição médica.

Injeções para o desgaste de cartilagem (Hialuronato de Sódio)

No Brasil, existe este novo tratamento para ​artrose que são aplicadas no joelho por uma medicação produzida nos Estados Unidos e no Japão. É necessária uma aplicação semanal da injeção, com anestésico, num total de 5 semanas, o método não exige preparo, jejum ou nem repouso depois que é realizado.

Infiltração com plasma rico em plaquetas

Esta técnica é realizada pela coleta do sangue do paciente e, posteriormente, faz-se a separação centrífuga do plasma e dos componentes celulares do sangue, depois a sedimentação das hemácias e então a utilização de um plasma com maior concentração de plaquetas suspensas (Saúde, Terra).

Órteses

São dispositivos que ajudam a manter as articulações alinhadas e funcionarem da forma correta. Há vários modelos que podem ​reduzir os sintomas da artrose de joelho​ e ajudar a manter a função das articulações nos pacientes. Já as cintas e talas, as quais imobilizam as articulações, podem reduzir a dor e a inflamação, alguns modelos podendo ser usados durante todo o dia e noite. Também ajudam a estabilizar as articulações instáveis.

Acupuntura

Uma pesquisa da Universidade de York, em Toronto (Canadá), concluiu que a Acupuntura pode trazer resultados importantes para o alívio da ​dor da artrose de joelho​. O estudo avaliou 156 ensaios clínicos com mais de 9.700 pacientes. Quando aliada ao tratamento com ​fisioterapia para artrose de joelho​, os resultados de melhora chegaram próximo a 80%, uma vez que a acupuntura age no alivio da dor e a ​fisioterapia ​no fortalecimento da musculatura.

Hábitos saudáveis também podem auxiliar a diminuir as dores

  • Faça exercícios
  • Durma bem
  • Evite o excesso de peso
  • Evite permanecer muito tempo na mesma posição
  • Tome a medicação e siga as recomendações do médico

 

Alívios naturais

Os remédios naturais podem beneficiar algumas pessoas trazendo um alívio momentâneo. Mas nunca se deve largar o tratamento convencional com fisioterapia para artrose de joelho​.

  • Um dos remédios naturais é o chá de gengibre, planta que conta com propriedades anti-inflamatórias e funciona como um termogênico natural.Receita: Ferva duas colheres de sopa de gengibre descascado em 1 litro de água. Adicione uma fatia de laranja ou de limão e deixe por cerca de 15 minutos. Depois esfrie, coe e adoce com um pouco de mel. Recomenda-se tomar duas xícaras de chá de gengibre por dia para sentir um alívio da dor de artrose de joelho​.
  • O chá de semente de sucupira pode ser outro aliado para aliviar a​ artrose de joelho​. As sementes da planta ajudam a amenizar a dor e também regenerar as articulações.Receita: Esmague 6 sementes de sucupira e adicione a 1 litro de água. Ferva por 5 a 10 minutos, deixe esfriar e coe. Beba o chá ao longo do dia.
  • O chá de unha de gato também pode contribuir muito para aliviar a dor da artrose de joelho​ devido às suas propriedades anti-inflamatórias.Receita: Ferva um punhado da planta em 1 litro de agua por 5 a 10 minutos, deixe esfriar, adoce e beba ao longo do dia.

 

 

É​ possível evitar?

A ​artrose tem um grande fator genético, independente disso algumas medidas auxiliam a retardar ou até evitar o aparecimento da doença. Podemos destacar:

  • Evitar o excesso de peso;
  • Manter uma boa postura corporal;
  • Evitar o levantamento de peso, especialmente na região do ombro;.
  • Evitar a realização de exercícios repetitivos;
  • Evitar a realização de trabalhos forçados;
  • Fazer atividades que promovam o fortalecimento muscular;
  • Fazer alongamentos


 

Infelizmente a grande maioria da população só busca tratamento quando a artrose já está em um estágio avançado. Por isso a importância de prevenir e consultar um especialista assim que suspeitar de algum sintoma!

Não Esqueça!

Antes de iniciar qualquer tratamento é fundamental que o diagnostico seja dado por um especialista assim como as orientações de tratamento adequadas.

Você tem artrose de joelho ou está com dores no joelho? Então não perca tempo e agende já sua consulta aqui no Instituto Recupera. Nós temos os melhores profissionais, com uma metodologia de ​fisioterapia eficaz que em poucas sessões você já vai sentir muita diferença em seus joelhos.